Categorias
Ciência Novidades Palestras Terapia & Curas

Obrigado Vilar de Perdizes! [Com Palestra Para Ouvir]

Foi mesmo muito bom ter falado, e ser ouvido, este último sábado, pelo povo de, e viajantes a, Vilar de Perdizes, concelho de Montalegre, no 36º Congresso de Medicina Popular que se vem realizando na aldeia há tantos anos. Adorei o carinho e hospitalidade com que fui acolhido, e fiquei agradavelmente surpreendido com a recepção da audiência ao tema da TBI, mostrando muito interesse e ressonância com o assunto, fazendo perguntas relevantes e interessantes, e querendo continuar a debater o tema para além da palestra. De facto isto mostra o interesse que existe no tema, e mostra que aquilo para o qual a TBI aponta é algo Universal, que toca o coração das pessoas, e que ressoa com uma certa “verdade” que existe dentro de todos nós. Fico feliz com isso, e mais uma vez grato pela oportunidade de tocar tantas pessoas, corações e mentes, e assim deixar, como gosto, uma sementinha que fica sempre aí a desabrochar.

This slideshow requires JavaScript.

Muito grato e feliz também por ter compartilhado o palco com os meus colegas palestrantes (Dr. Jorge Humberto, acupuntor, e Dr. Falcão Coutinho, médico), que me fizeram sentir acolhido, e com os quais, curiosamente, ocorreu uma boa ligação de temas entre as nossas palestras, criando-se assim um fio conductor entre todos. Sempre bonito de se ver.

Agradeço ainda ao moderador da mesa e amigo, Prof. Bernardino Santos, não só pelas apresentações, organização e moderação da palestra, como pela hospitalidade, sua e da sua maravilhosa família. É muito bom sentir as raízes transmontanas.

E para quem lá não esteve, deixo aqui um “cheirinho” do que foi a minha palestra. Para me preparar para ela fiz um ou dois “treinos” gravados em áudio. Vou partilhar aqui um. Claro que não foi exactamente o que disse na palestra (alguns pontos falados nela não estão aqui, e outros não falados lá estão aqui, pois foi tudo de improviso) mas as linhas gerais estão lá, e já dá para ter uma  ideia.

Acho que é um bom  “apanhado” do que é isto das TBI – Terapias em Bioenergia e Informação – e sobretudo o que elas nos ensinam sobre o que realmente somos e como funcionamos. Espero que gostem.

Obrigado mais uma vez e até breve,

Helder

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

%d bloggers like this: