Uma Cura Improvisada

Ontem reparei numa senhora a mancar muito caminhando, a sua cara contorcida de dor de cada vez que pousava o pé esquerdo no chão. Perguntei-lhe o que se passava: uma dor lancinante no joelho esquerdo, de vários anos. Propus-lhe fazer a minha “Cura por Foco Mental”. Em 30min estava sem dor nenhuma. Podia caminhar, dobrar o joelho, fazer o quatro – tudo sem dor e sem sacrifício, algo totalmente impossível alguns minutos antes.

Resultados como estes são replicáveis, consistentes e duradouros. É uma arte e uma ciência ao mesmo tempo.

Mas como é possível?

Saiba mais sobre o ser humano como energia e informação, e a origem do seu sofrimento: —–> terapiaenergetica.pt/o-livro/

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *